Comunidade Cinéfila Portuguesa

O festival espanhol San Sebástian, um dos mais importantes do circuito de festivais de cinema europeu, arranca hoje, 19 de Setembro, com a estreia do filme "The Equalizer", de Antoine Fuqua, um filme que não entra em competição mas conta com a participação de Denzel Washington no elenco que irá neste festival, juntamente com Benicio Del Toro, receber o prémio Donostia que todos os anos celebra a carreira e contributos importantes para o cinema.

Mais uma vez o festival conta com uma selecção rica de onde se destacam “The New Girlfriend” do incansável François Ozon, "Phoenix" de Christian Petzold, "Eden" de Mia Hansen Love ou "Aire Libre" de Anahí Berneri.

Esta edição do festival irá também ficar marcada pela ausência do realizador Oleg Sentsov, parte do júri oficial, devido a encontrar-se actualmente preso em Moscovo desde o final de 2013 por ter entrado em confrontos na cidade-natal Kiev, na Ucrânia, sendo acusado de transportar explosivos e incendiar um prédio público, que o realizador entende não passar de apoio aos protestos contra a anexação da Crimeia pela Rússia.

A Academia de Cinema Europeu, da qual fazem parte realizadores como Wim Wenders, Mike Leigh ou Pedro Almodovar, enviou uma carta aberta a Vladimir Putin em manifestação ao seu acto abusivo, solicitando segurança no tratamento do realizador activista. Estes apresentaram também uma queixa no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Assim, a história do festival de Berlim de 2011 repete-se quando foi deixava uma cadeira vazia em protesto à prisão de Jafar Panahi (Isto Não É Um Filme). Além do realizador ucraniano, fazem também parte do juri Nastassja Kinski, Mariana Rondón, Marjane Strapi, Reinhold Vorschneider, Vlad Ivanov e Eric Khoo, sendo o vencedor conhecido a 27 de Setembro..

image

Estreado na passada quinta-feira, a adaptação de João Botelho a "Os Maias", de Eça de Queirós, tornou-se já o terceiro filme mais visto do ano contabilizando um total de 13.915 espectadores, segundo o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

Sucedendo à também adaptação literária "Filme do Desassossego", de 2010, que terá conseguido apenas 5600 espectadores nas duas primeiras semanas, o filme do realizador português aparece logo após "Sei Lá", de Joaquim Leitão, com 61.730 espectadores, e "Ruas Rivais", de Márcio Loureiro, com 33.900 espectadores, na lista dos filmes portugueses mais vistos em 2014.

A Ar de Filmes e o produtor Alexandre Oliveira justifica este sucesso não só ao acompanhamento escolar que a obra literária tem mas também ao laço que João Botelho criou com o público, indicando que “tem conseguido fazer essa ponte” entre o cinema e o público, ao contrário do restante cinema de autor.

Estreado já em 12 cidades e 22 ecrãs e com um orçamento de 1,5 milhões de euros (600 mil de apoios públicos à produção, 170 mil da Câmara de Lisboa, 120 mil do congénere brasileiro do ICA e mecenato do banco Montepio), o filme irá percorrer o país junto do público escolar durante o mês de Novembro, tendo também marcada uma estreia no Brasil e na RTP para 2015 em formato mini-série. 

Foi ontem em Riga, capital europeia da cultura 2014 e onde irá ocorrer a cerimónia de entrega dos prémios, que a European Film Academy apresentou os 50 filmes candidatos a nomeação para os 27º European Film Awards. Com 31 países representados, a selecção mostra mais uma vez a diversidade do cinema europeu.

Selecção oficial:

Alienation [+] by Milko Lazarov
Amour Fou [+] by Jessica Hausner
Beautiful Youth [+] by Jaime Rosales
Bird People [+] by Pascale Ferran
Blind [+] by Eskil Vogt
Blind Dates [+] by Levan Koguashvili
Calvary [+] by John Michael McDonagh
Cannibal [+] by Manuel Martin Cuenca
Class Enemy [+] by Rok Biček
Concrete Night [+] by Pirjo Honkasalo
Dreamland by Petra Volpe
Fair Play [+] by Andrea Sedlackova
Turist (Force Majeure) [+] by Ruben Östlund
Frank [+] by Lenny Abrahamson
Girlhood [+] by Céline Sciamma
Goodbye to Language [+] by Jean-Luc Godard
Home from home – Chronicle of a Vision [+] by Edgar Reitz
Human Capital [+] by Paolo Virzí
Ida [+] by Pawel Pawlikowski
In Order of Disappearance [+] by Hans Petter Moland
Kertu. Love is Blind by Ilmar Raag
Leviathan [+] by Andrey Zvyagintsev
Life in a Fishbowl by Baldvin Zophoníasson
Living is Easy With Eyes Closed [+] by David Trueba
Locke [+] by Steven Knight
Macondo [+] by Sudabeh Mortezai
Miss Violence [+] by Alexandros Avranas
Mr. Turner [+] by Mike Leigh
Nymphomaniac Director’s Cut – Volume 1 & 2 [+] by Lars von Trier
Of Horses and Men [+] by Benedikt Erlingsson
Papusza [+] by Joana Kos-Krauze & Krysztof Krauze
Starred Up [+] by David Mackenzie
Still Life [+] by Uberto Pasolini
Stratos [+] by Yannis Economides
That Lovely Girl by Keren Yedaya
The Dark Valley [+] by Andreas Prochaska
The Kindergarten Teacher [+] by Nadav Lapid
The Lamb [+] by Kutlug Ataman
The Tribe [+] by Myroslav Slaboshpytskiy
The Wonders [+] by Alice Rohrwacher
Two Days, One Night [+] by Jean-Pierre & Luc Dardenne
Under The Skin [+] by Jonathan Glazer
Violette [+] by Martin Provost
Walesa [+] by Andrzej Wajda
We Are The Best! [+] By Lukas Moodysson
When Evening Falls on Bucharest or Metabolism [+] by Corneliu Porumboiu
White God [+] by Kornél Mundruczó
Winter Sleep [+] by Nuri Bilge Ceylan
Wolf [+] by Jim Taihuttu
Wounded [+] by Fernando Franco 

Nas próximas semanas os mais de 3000 membros da Academia irão votar nas diversas categorias, sendo os nomeados conhecidos 8 de Novembro no Seville European Film Festival em Espanha, sendo a cerimónia de entrega no dia 13 de Dezembro em Riga, onde se destacam "Winter Sleep", vencedor em Cannes, o regresso de Jean-Luc Godard ou a polémica de Lars Von Trier.

Chá e Godard no domingo chuvoso da Bruna Cecília Oliveira.
Envia-nos fotografias das tuas sessões de cinema, tanto em sala com em casa, aqui.

image

Após ter ganho 6 impressionantes prémios nos recentes Hellenic Film Academy Award, incluindo Melhor Filme, desenhava-se a nomeação que agora se confirma. O filme Mikra Anglia, ou também conhecido como Little England, foi o escolhido para representar a Grécia na próxima edição dos Oscars para Melhor Filme Estrangeiro.

Com uma produção maioritariamente amadora, dirigida pelo realizador Pantelis Voulgaris, a produção que ronda os 2 milhões de euros facilmente recuperou com mais de 360 mil bilhetes vendidos tornando-se uma dos maiores sucessos comerciais da história do país, tendo já ultrapassado outros sucessos tais como "Gravity" de Alfonso Cuáron, grande vencedor da última edição dos Oscars.

O filme baseado no romance de Ioanna Karystiani é já um dos favoritos à corrida, sendo que, caso chegue aos finalistas ao Oscar, será a segunda vez que a produtora local Feelgood Entertainment consegue tal feito, após o sucesso de 2009 “Dogtooth” de Giorgios Lanthimos. .

Os Caminhos do Cinema Português voltaram e com ele “Todo o Cinema Português”! De 15 de Julho a 15 de Setembro o festival recebe candidaturas para a Selecção Caminhos e Selecção Ensaios.

Na selecção caminhos serão admitidos a concurso na Selecção Caminhos todos os filmes, de produção, ou co-produção, nacional concluídos desde a edição transacta do festival, Novembro de 2012, desde que não tenham sido inscritos e/ou seleccionados em edições anteriores do Festival.

Na selecção Ensaios serão admitidos a concurso na Selecção Ensaios todos os filmes, de produção nacional, realizados em contexto de formação académica, técnica e profissional (Escolas de Cinema, Audiovisual e Multimédia do Ensino Secundário e Superior), concluídos desde a edição transacta do festival.

As incrições estão abertas somente até 15 de Setembro no site oficial caminhos.info.

image

O documentarista veterano Joaquim Pinto e o seu "E Agora? Lembra-me", lançado em 2013, foi grande vencedor em Locarno nesse mesmo ano, arrecadando tanto o Prémio FIPRESCI como o prémio do Júri, levando embora 14 outros prémios em restantes festivais de cinema espalhados pelo mundo.

É no seguimento desse sucesso que os membros da Academia Portuguesa de Cinema elegeram hoje o documentário auto-biográfico para representar Portugal 87ª edição dos Oscars da Academia para o prémio de Melhor Filme Estrangeiro, a acontecer em Março de 2015, sucedendo assim a "As Linhas De Wellington" de Valeria Sarmento, representante este ano que não recebeu nomeação.

Os nomeados a Oscar de Melhor Filme Estrangeiro são conhecidos entre Janeiro e Fevereiro de 2015. 

O jornalista Julian Assange, o ator John Malkovich, a atriz Maria de Medeiros e o músico Arto Lindsay são alguns dos convidados hoje anunciados, em Lisboa, pela organização da 8.ª edição do Lisbon & Estoril Film Festival. Estas presenças foram anunciadas por Paulo Branco, numa conferência de imprensa realizada no Centro Cultural de Belém (CCB), para apresentação de uma parte do programa da edição deste ano do festival, que decorrerá entre 07 e 16 de novembro. 
"Ainda não sabemos em que moldes Julian Assange poderá estar em Portugal, mas contamos já com a colaboração direta dele", disse Paulo Branco, referindo-se ao facto de o jornalista e ativista estar desde 2012 exilado na embaixada do Equador em Londres. 
A restante programação do LEFFEST, com mais nomes do cinema e de outras artes, e do júri da competição do festival, será anunciada mais próximo do festival, segundo Paulo Branco, que confirmou os nomes de maior destaque hoje, com a exceção de Assange, pelas circunstâncias em que se encontra exilado, e também de David Lynch, “que poderá confirmar só em cima da hora”.
Depois do sucesso da primeira edição em 2013, está de volta o Arquiteturas Film Festival Lisboa — Festival Internacional de Cinema e Arquitectura. A edição deste ano terá lugar de 24 a 28 de Setembro, no Cinema City Alvalade e na Cinemateca Portuguesa, em Lisboa.
“Não há Cinema sem Arquiteturas” é o lema deste festival que, segundo a sua directora e fundadora Sofia Mourato, tem como objectivo abraçar as infinitas possibilidades de combinação entre a arquitectura e o cinema; fomentar discussões em torno dos assuntos que os filmes suscitam; e, potencialmente, abrir uma nova direcção nos festivais de cinema em Portugal.
O Arquiteturas Film Festival Lisboa abre com uma festa no Musicbox (Cais de Sodré), no dia 18 de Setembro, com a apresentação do filme “Train of Thoughts”(Áustria, 2012).
A sessão de inauguração, no dia 24 de Setembro às 20h30, será marcada pela estreia absoluta em Portugal do filme “Cathedrals of Culture” — um projecto 3D concebido por 6 realizadores diferentes, entre eles Wim Wenders, Robert Redford e Michael Madsen.
Durante o Arquiteturas serão exibidos mais de 90 filmes, 35 dos quais estarão em competição e poderão ser seleccionados para diversos prémios por um júri internacional — composto por Alexandra Areia, Marting Garber Salzberg, José Manuel Castanheira, Justin Jaeckle, Pedro Campos Costa, Edgar Martins e Rita Nunes. Os prémios serão entregues na sessão de encerramento do festival, no dia 28 de Setembro às 22h, no Cinema City Alvalade.
A par do intenso programa de exibição de filmes, será também possível acompanhar uma série de outras actividades:
- Workshops de Cinema (com a realizadora Merve Bedir), de Marketing (com a Creative Minds), de Digital Art (com o atelier de arquitectura português Digitalab e russo Branchpoint Project), e um especial para crianças com o atelier Latitudes;
- Masterclasses com o coletivo italiano Zimmerfei, acompanhado de uma retrospectiva dos seus filmes;
- Sessões de conversa “Intersecções”, que se desenrolam em torno do diálogo entre dois oradores: Álvaro Domingues com Diogo Seixas Lopes, Rodrigo Areias com Jorge Figueira e Edgar Pêra com Nuno Grande;
- Visita Guiada à Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, desenhada por Manuel Taínha, onde será projectado o filme sobre o arquiteto “In Media Res”,na presença da realizadora Luciana Fina e do arquiteto Marques Freitas;
- Apresentação de teses sobre cinema e arquitetura, em parceria com o projecto “Intervalo para o Conhecimento” da Sociedade Nacional de Belas Artes.
Este ano a instalação site specific no espaço do Cinema City Alvalade foi concebida pelo atelier Arteria, e funcionará como lugar de encontro e confraternização entre todos os participantes do festival bem como palco para algumas das nossas atividades.
A organização desta 2ª Edição do Arquiteturas Film Festival Lisboa não seria possível sem o apoio de todos os nossos patrocinadores e parceiros.
Para mais informações visite o site do festival www.arquiteturasfilmfestival.com ou da organização DYMA www.doyoumeanarchitecture.com.
Desenho de Mia Wallace por André Araújo.
Envia-nos o teu desenho!